MANUAL DO PROPRIETÁRIO, MELHOR CONTAR COM ESPECIALISTA

MANUAL DO PROPRIETÁRIO, MELHOR CONTAR COM ESPECIALISTA

As vezes nos deparamos com situações que nos surpreendem, onde soluções mirabolantes invadem o mercado como se estivessem reinventando a roda e se dizendo inovadoras, sem se preocupar com os danos  que poderão causar ao cliente pelo erro na decisão da contratação. Tentando tornar um trabalho de horas de um especialista em apenas alguns cliques.

História das diretrizes dos manuais 

O MANUAL DO PROPRIETÁRIO de um empreendimento, possui norma técnica, ABNT NBR 14037, a qual pessoalmente contribui com a criação, sendo necessárias dezenas de reuniões e discussão de diversos pontos, opiniões e entendimentos das particularidades do mercado para poder ser desenvolvida.

Após a criação da norma ABNT NBR 14037, o mercado da construção civil ainda entendia que faltavam alguns pontos a serem esclarecidos, e que alguns textos não poderiam ser descritos em normas, mas eram importantes para balizar o mercado, então foram criados os Manuais setoriais geridos por entidades de classe representativas as quais foram necessárias outras dezenas de reuniões para o desenvolvimento, este trabalho tive o prazer de coordenar tecnicamente na criação.

O custo do produto barato

Dito isto, a razão deste artigo, se deve a ações que o mercado tenta levar a alguns construtores ao erro, apresentando ferramentas que criam manuais “enlatados e prontos”, de modo que com poucos cliques posam ser criados e entregues.

Sobre isto gostaria que refletissem sobre alguns aspectos:

  • Quando sua construtora ou incorporadora precisa desenvolver projetos para seu empreendimento, você contrata um profissional para criação de algo específico, estudando as particularidades, regras, especificidades e desafios ou faz uma cópia dos desenhos de seu vizinho acreditando que irá economizar?
  • Seu empreendimento é algo especial ou algo que foi criado a partir de ideias prontas e pegas em uma prateleira, prontas ao consumo como um enlatado?

Importante lembrar, que um manual do proprietário genérico, desenvolvido por um aplicativo ou uma pessoa que não conheça as minúcias da incorporação, poderá gerar ou não contribuir na defesa de passivos ou problemas pós-obra, os quais muitas vezes seriam factíveis de defesa das condições de garantias conforme as leis e normas atuais.

O investimento de algo alinhado as boas práticas

Muitos ainda entendem que os MANUAIS DO PROPRIETÁRIO são gastos, mas na verdade é um pequeno investimento, o qual o valor financeiro, não chega a 0,0001% do valor de seu empreendimento e menor ainda quanto ao valor de sua marca, branding, e que se bem feito e especifico ao empreendimento, poderá mitigar passivos com valores muito representativos em seu VGV o qual para os que não conhecem a sigla significa em linhas gerais, valor calculado pela soma do valor potencial de venda de todas as unidades de um empreendimento a ser lançado.

Vale ressaltar, que a terceirização da criação do MANUAL DO PROPRIETÁRIO por um especialista muitas vezes é mais vantajosa, econômica e rápido do que a construtora ou incorporadora colocar sua equipe de engenheiros para desenvolver internamente seus manuais.

Não somos contra a modernidade, mas um lema da RSO ASSESSORIA o qual consta em todas as nossas propostas:

Em nosso  entendimento como especialistas no assunto, sendo responsável pela criação de centenas de manuais e atuando nos empreendimento mais desafiadores do mercado, a economia financeira que é possível com textos prontos e sem trabalho de um especialista sobre as particularidades do empreendimento, vai ( digo vai e não pode ser ) lhe trazer prejuízos futuros. Baseamos este posicionamento, em dezenas de casos em que nossos manuais foram decisivos em passivos pós entrega, onde as responsabilidades e obrigações pós entrega não foram cumpridas e os manuais tiveram seu papel relevante na evidenciação dos fatos.

Conclusão

Conte com a RSO ASSESSORIA para elaborar o MANUAL DO PROPRIETÁRIO de seus empreendimentos, somos especialistas no assunto e coordenamos a elaboração das principais regras desta fase de incorporação, gerando tranquilidade jurídica por meio de uma redação exclusiva e alinhada as atuais normas e leis do tema. Tudo com um valor alinhado ao mercado.

Também dispomos da plataforma IMOVEL EM ORDEM, onde diversas ferramentas contribuem na gestão das manutenções, reformas, garantias e dos documentos da entrega do empreendimento.

Nossa experiência e diferencial está no conhecimento e expertise nacional do mercado a qual adquirimos e compilamos na coordenação técnica da elaboração de Manuais que regem as regras do mercado (Secovi, Sinduscon e CBIC) e centenas de Manuais dos proprietários e das áreas comuns já desenvolvidos em atendimento a ABNT NBR 14037, ABNT NBR 5674 e ABNT NBR 15575.

O trabalho conta com assessoramento quanto atendimento a norma de DESEMPENHO e dispomos de uma plataforma para gestão de garantias, reformas, vídeos, ferramentas para gestão do condominio, acesso aos manuais tudo por QR CODE.

Compartilhe esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *